França aprova telhados verdes ou de placas solares para novos edifícios

Paris-vidrocerto

A França dá um passo importante no quesito sustentabilidade: todos os novos edifícios construídos em zonas comerciais francesas deverão ser cobertos com telhados verdes ou placas solares. A nova legislação foi aprovada pelo Parlamento Francês na última semana, após o governo ser muito pressionado por ativistas ambientais.

Os telhados verdes podem gerar muitos benefícios e ainda valorizar as construções. O sistema funciona como isolante térmico, reduzindo a quantidade de calor absorvida pela edificação, deixando os ambientes internos mais frescos e reduzindo a necessidade de aquecimento e arrefecimento artificial, por exemplo. A vegetação também ajuda a reter a água da chuva, diminuindo os problemas com escoamento, e favorece a biodiversidade, dando mais espaço para o desenvolvimento de espécies urbanas, principalmente aves.

Já o uso das placas solares, com a popularização dos sistemas fotovoltaicos, tem custado cada vez menos. Além de estarem dentro das normas nacionais, os edifícios que optarem por esta solução podem se beneficiar de sua própria produção energética renovável.

A nova lei não obriga a cobertura para construções residenciais.